A Câmara de Itapema votou em Sessão Extraordinária nesta terça, 16/11, o Projeto de Lei 128/2021, da Prefeitura de Itapema, que buscava autorização para o município prorrogar por mais dois meses (novembro e dezembro), o auxílio emergencial que foi concedido aos trabalhadores cooperados da Coopritapema.

O auxílio foi criado em setembro, e previa o pagamento de duas parcelas de R$ 1.400,00 (um mil e quatrocentos reais) por mês para cada trabalhador. O barracão onde funcionava a Cooperitapema foi interditado no dia 18 de agosto, e dois dias depois a estrutura desabou. Desde então, os trabalhadores que atuam na coleta seletiva e reciclagem de materiais estão com sua atuação comprometida, e por consequência, sem renda.

Segundo a Prefeitura, a obra do novo galpão estava prevista para ser concluída agora em novembro, porém, a demora da CELESC na ligação da energia elétrica no local, prejudicou a conclusão da mesma. Para garantir a assistência aos trabalhadores, a Prefeitura propôs então, a extensão do auxílio até dezembro, para quando está prevista a conclusão e entrega do novo galpão da Cooperitapema.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPE